Marvel Comics divulga nova prévia da preparação do nova minissérie do Homem-Aranha, The Clone Conspiracy

A Marvel Comics começa na próxima quarta-feira nos EUA a preparação para a mais nova saga dos quadrinhos do Espetacular Homem-Aranha, que começará na edição Dead no More: The Clone Conspiracy. Veja abaixo a prévia do número 16 da HQ do Homem-Aranha, que já tem o Chacal jogando com ressuscitações e clonagens:

A trama revela que Chacal é o personagem de terno e gravata que tem recrutado vilões do Aranha com a promessa de devolvê-los seus entes mortos. O retorno de personagens falecidos como George Stacy, Tio Ben e Gwen Stacy – sugerido nos teasers de “Dead no More” – envolverá a criação de novos clones pelo Chacal.

A minissérie terá cinco edições, a partir de outubro, e também influenciará a trama que corre em Amazing Spider-Man. Ela se desdobrará até a edição 23, com o roteirista Christos Gage entrando para colaborar com Dan Slott, autor de Amazing Spider-Man.

[SDCC 2016] Lanterna Verde e Star Trek terão um novo crossover

Foi anunciada na San Diego Comic-Con 2016, pela IDW e DC Comics um novo crossover entre Star Trek e os Lanternas Verdes, veja as primeiras imagens:

Responsáveis pela crossover anterior (Star Trek/Green Lantern: Spectrum War), o roteirista Mike Johnson e o desenhista Angel Hernandez cuidam da nova minissérie. Na convenção, as editoras prometeram que a nova história introduzirá “heróis cósmicos adicionais e vilões familiares aos fãs de ambas as séries”.

A San Diego Comic-Con 2016 acontece entre 21 e 24 de julho nos Estados Unidos.

[SDCC 2016] Robert Kirkman diz que mudou o final de The Walking Dead

Durante o painel de The Walking Dead, na San Diego Comic-Con 2016, o criador dos quadrinhos/série, Robert Kirkman, revelou que já mudou o final da HQ (que ele diz ter definido) uma vez.

“O final já mudou. Havia uma versão antes que encerrava a história assim que todo mundo chegou a Alexandria”, diz o roteirista, a respeito da comunidade no subúrbio de Washington onde o grupo de Rick se instalou e já tem passado mais de um terço de toda a série.

Sobre os personagens que se arrepende de ter matado, ele cita Tyreese.”Sempre gostei de escrevê-lo. Eu gostaria de ainda poder fazê-lo. Gostaria também de poder escrevê-lo na série de TV”, conta o criador – que matou Tyreese duas vezes, na HQ e no seriado da AMC. Kirkman frisa, porém, que não tem maiores arrependimentos.

A respeito do futuro da HQ, que recentemente passou por um momento de impacto no arco envolvendo os Whisperers, o quadrinista não deu muitos detalhes. Questionado por uma pessoa no painel, porém, se o grupo de Rick poderia adotar a tática dos Whisperers – que se vestem com pele morta para passar despercebidos entre zumbis – o roteirista disse: “Você está chegando a algo”.

A San Diego Comic-Con 2016 acontece entre 21 e 24 de julho nos Estados Unidos.

Marvel Comics revela o novo personagem importante morto em Guerra Civil II

A Marvel Comics mostrará na terceira edição da Guerra Civil II, a morte de um personagem importante, mas antes do lançamento, a editora já se adiantou e revelou quem será. SPOILERS A SEGUIR.

Em vez Tony Stark, que era o principal cotado para morrer na saga, quem morre em Civil War #3 é Bruce Banner, o Incrível Hulk.

Banner é morto pelo Gavião Arqueiro, que tinha recebido do próprio cientista uma flecha especial caso o Hulk perdesse o controle. Ao ver uma premonição do inumano Ulysses na qual o Gigante Esmeralda mata os Vingadores, o ele decide agir. Confira:

01

“Vai levar um tempo para nossos heróis lideram com essa perda, e as circunstâncias ao redor de sua morte vão deixar uma enorme cicatriz na comunidade de superseres”, diz o editor-chefe da Marvel, Axel Alonso, em entrevista concedida ao New York Daily News.

Dark Horse anuncia a minissérie Call of Duty: Zombies

Após a HQ prelúdio de Call of Duty: Black Ops III, a Dark Horse anunciou uma minissérie de 6 edições focada no modo “Zombies” do jogo de tiro. Confira a capa feita por Simon Bisley:

9

O roteirista de Green Lantern: New Guardians, Justin Jordan escreve a minissérie a partir de um argumento do diretor do jogo, Jason Blundell, e do roteirista-chefe da desenvolvedora Treyarch, Craig Houston. Os desenhos ficam a cargo de Jonathan Wayshak.

Na trama, para proteger o artefato antigo conhecido como Kronorium, o doutor Edward Richtofen convoca o Tranzit Crew, um time desajustado de sobreviventes vistos no mapa “Buried” de Black Ops II Zombies.

Call of Duty: Zombies #1 sai no dia 19 de outubro nos Estados Unidos.

Doutor Destino é o novo Homem de Ferro em Infamous Iron Man

Além da já anunciada nova “Homem de Ferro”, Riri Willians, a Marvel Comics revelou que o Doutor Destino também será um novo Homem de Ferro na nova série Infamous Iron Man. Confira:

01

Brian Bendis será o roteirista da série mensal, e Alex Maveel será responsável pelos desenhos.

 Em Infamous Iron Man, Victor Von Doom (que teve seu rosto reconstruído ao fim de Guerras Secretas e se aproximou de Stark desde o começo da atual fase das HQs do Homem de Ferro) tentará substituir o milionário na função do Homem de Ferro, algo parecido com a trama de Superior Spider-Man.

“Há um novo Homem de Ferro na cidade e seu nome é Victor von Doom. O maior vilão do Universo Marvel vai tentar algo novo. Onde Tony Stark falhou, o Doutor Destino vai triunfar. Qual será o plano mestre de Destino?”, diz a sinopse oficial. A HQ começa a sair no fim do ano, sem uma data específica.

Ele já foi jogador de basquete, aluno do Bruce Lee, ator, é colunista do Washington Post, escritor e agora é roteirista de HQ. Sabe de quem estamos falando?

Kareem Abdul-Jabbar, lenda da NBA (jogou pelo Bucks e pelo L.A. Lakers) vai assumir uma revista em quadrinhos baseada num livro de sua autoria. Trata-se de uma HQ estrelada por  Mycroft Holmes, irmão mais velho do famoso detetive britânico da literatura e do cinema.

Para produzir uma minissérie em cinco edições do personagem, Jabbar contará com a parceria do escritor Raymond Obstfeld e do desenhista Joshua Cassara.

kareem-mycroft-182782

A serviço da coroa britânica, o Holmes menos famoso viajará pelo mundo a fim de impedir que um maluco destrua a civilização com uma tecnologia aparentemente impossível.

Os quadrinhos terão por base um livro publicado em setembro de 2015, escrito pelo próprio Jabbar, em conjunto com a roterista Anna Waterhouse; no livro, Mycroft Holmes vive sua primeira aventura após deixar a Universidade de Cambridge.

Mycroft Holmes and the Apocalypse Handbook (Mycroft Holmes e o Manual do Apocalipse) será lançado em agosto pela Titan Comics. O primeiro volume sairá no dia 3 de agosto em formatos digital e impresso – nas lojas especializadas dos EUA, bem entendido. No Brasil, ficamos na torcida de alguma editora nacional se interessar em publicar… ou apelamos pra AMAZON.

Fonte: http://comicbook.com/2016/05/16/mycroft-holmes-comic-book-series-to-be-written-by-kareem-abdul-j/

Marvel Comics apresenta a nova “Homem de Ferro”

A Marvel Comics acaba de anunciar a identidade do novo Homem de Ferro em Invincible Iron Man da nova reformulação, após a Guerra Civil 2. Riri Willians usará a armadura de Tony Stark! Confira:

invincible-iron-man-2016

A personagem foi apresentada aos leitores em março, em Invincible Iron Man #7, e é uma estudante do MIT, a mais prestigiada faculdade de tecnologia dos EUA. Superinteligente, a jovem de 15 anos constrói sua própria versão do Homem de Ferro, só com material que ela furta pelo campus.

A nova fase de Invincible Iron Man manterá o roteirista Brian Bendis, agora acompanhado do desenhista Stefano Caselli. Em entrevista à Time, Bendis esclarece que Stark realmente deixa de ser o Homem de Ferro ao final de Guerra Civil 2, mas as condições disso só serão reveladas no final da história.

Novidades sobre a reformulação de fim de ano da Marvel sairão em 13 de julho numa revista específica, a Marvel NOW! Previews Magazine.

DC Comics divulga as primeiras páginas de New Super-Man

A DC Comics divulgou hoje as primeiras páginas da primeira edição da sua nova série mensal, New Super-Man, que faz parte da reformulação Rebirth (que zera numerações, muda periodicidades e apresenta títulos inéditos). A HQ apresenta um Homem de Aço chinês e primeiro vilão da série, Blue Condor. Veja:

Kenan Kong é um chinês de 17 anos que cresceu em Xangai e que começa a história como um valentão mas aos poucos se torna um herói quando adquire os poderes do Homem de Aço.

Gene Yang escreve o roteiro, que terá desenhos de Viktor Bogdanovic. A primeira edição será lançada dia 13 de julho.

Exposição em São Paulo traz autores de personagens dos quadrinhos Made in Italy

 

Pra moçada que está em São Paulo, uma exposição bem interessante: Comics Que Paixão!Quadrinhos Italianos de 1950 Até Hoje.

O título já entrega: trata-se de uma mostra de fumetti (como são conhecidas as histórias em quadrinhos na terra de Umberto Eco). Pouca gente sabe, mas este é o Ano da Itália na América Latina. Assim, o Instituto Italiano di Cultura de São Paulo decidiu promover a exposição, que vai de 5 de julho a 14 de agosto, no Centro Cultural São Paulo.

São mais ou menos 70 trabalhos com nomes de peso (e eu espero que você conheça pelo menos uns três da lista): Guido Crepax, Milo Manara, Sergio Bonelli, Tiziano Sclavi, Ugo Pratt, Romano Scarpa, Andrea Lavezzolo, Massimo Rotundo, Simone Bianchi e Benito Jacovitti – este último é uma das influências no traço deste quadrinista aqui.

Para quem não está familiarizado com os nomes dos artistas, segue então uma relação de personagens de HQs italianas que fazem parte da mostra: Valentina, Dylan Dog, Zagor e Martin Mystere. Também podem ser vistas versões de personagens norte-americanos: Mickey,  X-Men e Homem-Aranha.

O curador Maurizio Scudiero abrirá a exposição com uma conversa com a plateia.

Em tempo: Fumetti, em tradução literal, significa “fumacinhas”. Os italianos chamam os quadrinhos assim porque essa palavra define o que conhecemos como “balõezinhos”.

Capici?

 

Serviço:
Exposição Comics Que Paixão! – Quadrinhos Italianos de 1950 Até Hoje
De 5 de julho a 14 de agosto de 2016
Local: Centro Cultural São Paulo (Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso – São Paulo-SP — Estação Vergueiro do Metrô)
Horário: Terça a Sexta, das 10h às 20h; Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h


Entrada franca

Donald Trump vira vilão em Spider-Gwen Annual #1

O polêmico candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, foi representado em Spider-Gwen Annual #1 como o vilão Modok:

trumpmarvel

Na realidade alternativa de onde veio a Gwen Aranha, o personagem – cuja sigla significa, em português, Organismo Mental Desenvolvido apenas para Matar – se torna “M.O.D.A.A.K.”, Mental Organism Designed As America’s King (Organismo Mental Desenvolvido como o Rei da América).

Nos quadrinhos, MODOK foi uma cobaia humana de experimentos científicos e ganha poderes psiônicos e vasto intelecto, e ataca os super-heróis de sua poltrona planadora cheia de armas secretas projetadas, como diz seu nome, simplesmente para matar.

Deadpool e Homem-Aranha zoam Batman V. Superman em nova HQ

Na sexta edição da HQ Spider-Man/Deadpool que chegou às comic shops hoje nos EUA, apresentou uma cena que mostra o Cabeça de Teia e o Mercenário Tagarela zoando o último filme da DC Comics, Batman V. Superman: A Origem da Justiça. Confira:

spiderdeadpool6

Na página, os personagens vão ao cinema assistir a “Nighthawk V. Hyperion: Yawn of Boredom”, com Hyperion (Superman) e Falcão Noturno (Batman) num embate que é um “bocejo de tédio”. Não faltam referências à infame cena da “Martha” e aos teasers do filme da Liga da Justiça, algo que é bastante criticado na internet.

Na mesma edição, para fazer justiça, o Aranha tenta consolar Deadpool (que diz que queria se tornar uma série de produtos de merchandising quando virasse filme) dizendo que Hollywood se manterá refazendo sempre a mesma ideia – referência ao reboot de O Espetacular Homem-Aranha e ao novo Peter Parker.

Essa edição foi escrita por Scott Aukerman.

Prévia da próxima edição de Cavaleiro das Trevas III faz revelação sobre Superman

A DC Comics divulgou hoje uma prévia da quinta edição da minissérie Cavaleiro das Trevas III: A Raça Superior, de Frank Miller, que faz uma revelação sobre o Superman e a filha da Mulher-Maravilha. Veja:

Frank Miller e Brian Azzarello escrevem a história, que tem desenhos de Andy Kubert. A minissérie tem oito partes no total. Dark Knight III: The Master Race começou a sair nos EUA em novembro passado, e a próxima edição chega no dia 29.

 

Desenhista de One-Punch Man cria capa especial para Spider-Verse

Está saindo no Japão, uma coletânea da saga Spider-Verse das HQs do Homem-Aranha, e o segundo volume ganhou uma capa especial desenhada por Yusuke Murata, do mangá One-Punch Man. Veja:

spider-verse-japa

Spider-Verse é a saga que juntou personagens de realidades paralelas do Aranha – como Gwen-Aranha, Aranha Noir, o Aranha indiano, Mayday Parker, o Aranha britânico e o Porco-Aranha – numa história contra Morlun e outros vampiros Anciões.

Marvel revela mais detalhes de The Clone Conspiracy, nova minissérie do Homem-Aranha

A Marvel Comics divulgou mais detalhes da nova minisseérie do Homem-Aranha, que se chama “Dead no More: The Clone Conspiracy” (Morto não Mais: A Conspiração dos Clones), que começa a partir a edição 19 (que sairá entre outubro e novembro).

O infame arco dos anos 1990, “Saga do Clone”, que revelou que Peter Parker sempre foi um clone de si mesmo, terá o vilão original, Chacal.

A trama revela que Chacal é o personagem de terno e gravata que tem recrutado vilões do Aranha com a promessa de devolvê-los seus entes mortos. O retorno de personagens falecidos como Tio Ben, Gwen e George Stacy – sugerido nos teasers – envolverá a criação de novos clones pelo Chacal. Confira as primeiras imagens:

À EW, porém, o roteirista Dan Slott e o editor Nick Lowe prometem que o plano do vilão desta vez é diferente e mais ambicioso, e desafia os próprio limites entre vida e morte. “Ele tem um foco estreito, sempre foi obcecado em clonar Homem-Aranha e Gwen. Isso levou a histórias interessantes no passado, mas o Chacal precisa parar e pensar: se você leva a ciência a um novo nível, o que é mais importante para você do que clonar Peters e Gwens? O que esse personagem deseja e o que ele pode fazer com essa ciência incrível?”, diz Slott.

A minissérie terá cinco edições e também influenciará a trama que corre em The Amazing Spider-Man. A preparação começa a partir de agosto, entre as edições 16 e 18 da HQ, e se desdobrará até a edição 23, com o roteirista Christos Gage entrando para colaborar com Slott.

Loki concorre à presidência em nova série mensal

A Marvel Comics divulgou as primeiras páginas da sua mais nova série do Deus da Trapaça, Vote Loki, que começa no próximo dia 15 após encerrar a mais recente série durante as Guerras Secretas no ano passado. Na HQ, Loki concorre à presidência dos Estados Unidos.

Vote Loki,tem Christopher Hastings e Langdon Foss como roteirista e desenhista. A Marvel Comics não diz quanto tempo vai durar a nova série; a eleição presidencial (real) acontece nos EUA em 8 de novembro.

“Os Melhores Heróis e Vilões” DC Comics lança trailer apresentando os personagens de Rebirth

A DC Comics lançou hoje, um trailer que apresenta os “Os Melhores Heróis e Vilões”da sua nova reformulação, Rebirth. Confira:

As primeiras séries a saírem com nova numeração são Batman, Superman, Green Arrow e Green Lanterns; clique nos links para ver as prévias das primeiras edições, que foram lançadas ontem nos EUA.

Green Lanterns falará da islamofobia

No dia 1º de junho a DC Comics começara a publicar a sua mais nova série em quadrinhos da nova reformulação Rebirth, Green Lanterns. O título que tem como protagonistas protagonista Jessica Cruz ao lado de Simon Baz na patrulha da órbita da Terra. A prévia com as primeiras páginas da HQ já mostram o muçulmano Baz lidando com islamofobia. Confira as primeiras páginas:

A nova série dos Lanternas Verdes é escrita por  Geoff Johns e Sam Humphries; Ethan Van Sciver e Ed Benes fazem os desenhos. Cruz antes era conhecida dos leitores como a personagem Anel Energético e Baz é um Lanterna muçulmano criado por Geoff Johns em 2012.

 

 

Tom Brevoort defende reviravolta do Capitão América nas HQs

Após o lançamento da polêmica primeira edição de Captain America: Steve Rogers, onde foi revelado que o Capitão América é um agente da Hydra, o editor Tom Brevoort deu uma entrevista ao CBR justificando a sua decisão.

Segundo ele, a reação dos leitores à aparente filiação do Capitão América à HYDRA é similar à polêmica da morte de Steve Rogers em 2007: “É basicamente a mesma reação. Muitas mensagens chegando de pessoas que não estão acompanhando os quadrinhos, mas que são fãs do personagem ou dos filmes, das animações, ou que o conhecem das prateleiras de brinquedos, e por aí vai. Eles tendem a ter uma visão distorcida do que está rolando na HQ, baseada nas notícias ou no que estão ouvindo. É uma pena que tenha deixado tanta gente aborrecida, porque eu acho que a história que estamos contando é algo que vale defender”.

Sobre a reação de leitores americanos que enxergaram na reviravolta um tom de antissemitismo: “Essa situação toda é muito representativa da forma como informação é noticiada e consumida hoje em dia. O conteúdo de fato da HQ, a revelação de que Capitão América é um agente da HYDRA, logo é transformada em ‘ele é nazista’ e depois isso se transforma em antissemitismo. Obviamente, existe uma preocupação com antissemitismo. É uma questão genuína, do mundo real, mas não é disso que se trata essa história (…) A Marvel não iria, em circunstância nenhuma, incentivar o antissemitismo”.

Breevort diz que o desfecho da história irá contra essa noção de que Steve Rogers adere ao nazismo, e cita o Homem-Aranha Superior (quando Doutor Octopus toma o corpo de Peter Parker) como um exemplo recente de HQ cuja reviravolta foi de início odiada pelos fãs e depois bem aceita. “Acho que existe uma verdade nessa ideia de que as pessoas ficam tão emocionalmente abaladas por uma histórias que elas estão lendo que não conseguem se divertir até que o desfecho chegue e elas saibam que tudo termina bem”, diz.

“Da mesma forma, eu gosto de saber que as pessoas acreditam no que leem e se afetam por isso, porque é isso que você espera [como contador de histórias]. Você nunca quer botar uma HQ na rua e ver as pessoas esnobando e dizendo ‘ah, isso é só temporário’. Esse é um tipo de cinismo que não ajuda ninguém. Adoro o fato de as pessoas se empolgarem com as histórias que estamos contando, porque elas se importam”, completa o editor.

Nick Spencer é o roteirista da série Captain America: Steve Rogers e também escreve a série do outro Capitão América em atividade, Sam Wilson, e diz que a revelação de que Steve Rogers é parte da HYDRA afetará a HQ irmã: “Vai ter impacto profundo na história de Sam e na vida dele. Ele está prestes a passar por um teste de um jeito que raramente vemos com um personagem. Ele será desafiado fundamentalmente. Sam é uma parte essencial do que estamos planejando”.

QUADRINHO BRASILEIRO COM TEMPERO EUROPEU

A independente Editora Bila e seus dois títulos de humor: Rastreadores da Taça Perdida e O Extracurricular Cucaracha – o diferencial por conta do estilo “quadrinho franco-belga nacional”

PROMO

Num mercado acostumado a quadrinhos de três tipos – infantis, representados por Disney e MSP; de super-heróis, tendo Marvel e DC como principais expoentes; e os mangás, material made in Japan que dispensa apresentações –, algumas editoras apostam no diferente: a Avec e a Sesi-SP, por exemplo, lançaram HQs brasileiras e europeias.

O caso da Editora Bila é ligeiramente diferente: tendo feito uma pesquisa de mercado que confirmou suas suspeitas, seus editores perceberam um nicho de mercado abandonado há tempos: os quadrinhos de humor e aventura.

Para preencher essa lacuna, a Bila lançou, em 2014, o álbum Rastreadores da Taça Perdida e, no ano seguinte, em parceria com a Evoluir Cultural, O Extracurricular Cucaracha. Ambos foram editados no formato europeu (21 x 28 cm, o mesmo de Asterix), com 44 páginas. Seu autor, Giorgio Cappelli, segue a linha dos quadrinistas franco-belgas, também conhecida como Escola de Marcinelle ou Estilo Atômico, do qual já tratamos aqui.

Álbum em 3D

Rastreadores da Taça Perdida – o segredo da Jules Rimet foi lançado no ano da Copa do Mundo no Brasil. Nada mais oportuno: o troféu, conquistado pela nossa seleção de futebol no ano de 1970, foi roubado e supostamente derretido em 1983.

Em Rastreadores, porém, descobrimos que, ao contrário do que se imagina, a taça está apenas desaparecida, e se encontra em alguma parte do Brasil. É aí que entram os protagonistas da HQ, dois primos que vivem “correndo atrás de itens raros para colecionadores nerds, artefatos históricos sobrenaturais e caçando bandidos procurados”. Ambos são contratados por um senador para dar busca ao troféu.

O título do álbum deixa clara a brincadeira com o filme Caçadores da Arca Perdida. Os rastreadores são Bovinio “Vini” Del Toro – playboy e subcelebridade, mistura de James Bond com Chiquinho Scarpa, cujo principal objetivo na vida é ficar famoso – e Giovanni Mantovani, especialista em cultura pop e mestre no improviso sob pressão. Com dois protagonistas assim, aliados a uma narrativa ágil, em que não param de surgir perigos ou situações inusitadas, Rastreadores da Taça Perdida é uma leitura divertida, um quadrinho para todas as idades.

3Dalbum Cucaracha

O Extracurricular Cucaracha, editado em 2015, aborda as peripécias de um garoto de 14 anos, aluno da Escola Santa Cola, um colégio de madres frequentado pelos estudantes mais esquisitos que se possa imaginar.

Esse garoto, acidentalmente, acaba ganhando os poderes de uma barata. E embora se veja como um super-herói, ele também enxerga naquilo uma oportunidade única; afinal, “com grandes poderes, vem grande rentabilidade”.

Promo CUCA

A origem do Cucaracha é criativa: esqueça as mutações, a radiação, os artefatos místicos ou alienígenas e coisas do gênero. Seus problemas têm um certo grau de maluquice: um vilão tecnológico, adolescente e rancoroso; uma seita secreta de nome desconhecido até para seus integrantes; ninjas do bizarro Clã-do-Mico-Leão-Prateado; uma madre superiora lutadora de sumô, muito atenta e desconfiada de tudo; e ainda lhe sobra tempo para um interesse amoroso: a japonesinha Fushiko, colega de escola e adepta do crossdressing étnico (!).

Tanto Rastreadores como Cucaracha são passatempos de primeira, e podem ser adquiridos pelo site www.criesuashqs.com.

Então? Vai encarar essas novidades?

 

Dr. Manhattan não será um vilão em Rebirth

Em entrevista, o roteirista e diretor criativo da DC Comics, Geoff Johns disse que a ideia não é transformar o Dr. Manhattan em um vilão, mas em um “antagonista”.

Segundo ele, ao se tornar agora, na reformulação Rebirth, o novo responsável por ter criado o Universo DC dos Novos 52, o Dr. Manhattan”roubou de nós o amor”. A visão pessimista da humanidade que o personagem de Watchmen desenvolveu na minissérie de 1986 seria a razão dessa “perda”.”Eu acho que essa é uma história cativante a se contar. No fim, qual força é mais potente, a crença ou a descrença?”, diz.

Para o Geoff, a influência de Watchmen sobre os quadrinhos de modo geral tornou o cinismo a norma no gênero dos super-heróis. “Pra mimWatchmen é uma grande HQ, mas eu não acho que um enfoque cínico a respeito dos super-heróis seja o mais verdadeiro. Tudo mundo diz que esse é um enfoque realista. Eu rejeito isso, porque acredito que as pessoas são boas em essência”.

Essa noção de um universo mais otimista deve aparecer em Rebirth, inicialmente, com a recuperação de elementos consagrados do cânone da DC que haviam ficado de fora dos Novos 52, como o casamento de Lois Lane e Clark Kent e a relação de Arqueiro Verde e Canário Negro. “Eu queria evitar fazer um reboot que revirasse tudo, e sim criar um universo inclusivo que só cresce com novas adições, ao invés de mudar pela subtração”, justifica Johns.

DC Universe: Rebirth#1 foi lançada oficialmente na última terça e a história segue até a metade de 2018. A reformulação também vai zerar numerações e mudar periodicidades dos lançamentos da editora a partir de junho.

Robert Kirkman lista personagens de The Walking Dead que morrerão nos quadrinhos e na série

Durante um painel na Hawaii Comic-Con, o criador de The Walking Dead, Robert Kirkman,  respondeu algumas perguntas dos fãs onde comentou quais personagens morrerão futuramente, tanto na série quanto nos quadrinhos.

O autor respondeu: “Rick (Andrew Lincoln), Carl (Chandler Riggs) e Michonne (Danai Gurira). Em algum ponto da série, Daryl Dixon (Norman Reedus) também, junto com Abraham (Michael Cudlitz), Rosita (Christian Serratos) – que até já está morta nos quadrinhos – Eugene (Josh McDermitt) e Jesus (Tom Payne)”.

Seguindo especulações, o autor também indicou quem pode ter sido vítima de Negan no final da sexta temporada. Quando pedido para “não matar o Glenn”, Kirkman respondeu à fã: “Eu levaria isso em consideração mas talvez já tenha acontecido”.

A sétima temporada de The Walking Dead é prevista para o final do ano, por volta de outubro nos Estados Unidos. No Brasil o programa é transmitido pelo canal pago Fox.

Geoff Johns explica a importância do Dr. Manhattan em Rebirth

Após o vazamento das primeiras páginas de Rebirth e da revelação chocante, de que o Dr. Manhattan é o responsável por criar o Universo DC dos Novos 52, o roteirista e diretor criativo da DC Comics, Geoff Johns, concedeu entrevista ao jornal USA Today.

A informação está na primeira edição de DC Universe: Rebirth, que servirá para apresentar aos leitores o status quo do Universo DC com a reformulação Rebirth, que zera a numeração e muda periodicidade dos títulos reorganizados da casa. Segundo Johns, que quer que “o otimismo e a esperança” norteiem as histórias, a ideia de incorporar Watchmen ao universo regular de heróis da editora tem a ver com otimismo e pessimismo.

“A sensação é de algumas coisas estavam se perdendo, não personagens, mas um senso geral de otimismo e esperança. Há um caráter de calor e emoção nesse universo que vai além das grandes ameaças épicas e das questões de continuidade”, diz Johns, para justificar o enfoque que ele planejou para a reformulação. “Se nós teremos um conflito entre otimismo e pessimismo, você precisa de alguém que represente um ponto de vista cínico da vida e tem a habilidade de afetá-la. Sei que soa maluco mas [o Dr. Manhattan] me pareceu o personagem certo para usar.”

Apresentado na obra de Alan Moore, Watchmen, o Dr. Manhattan é o personagem que, depois de ter sido transformado em um ser onipotente num desastre de laboratório em 1959, exila-se em Marte em 1985 ao ser acusado de provocar câncer em alguns de seus amigos. Nas décadas entre um evento e outro – anos em que atua ao lado dos demais Watchmen – Dr. Manhattan desenvolve uma visão determinista do mundo, e o niilismo e a apatia se tornam traços de personalidade.

DC Universe: Rebirth #1 revela que o Dr. Manhattan teve atuação fundamental na criação do Universo DC dos Novos 52. Segundo Johns, porém, o papel do Wally West pré-Ponto de Ignição no reboot de 2011 continua”igualmente tão importante” quanto o do Dr. Manhattan. Na reapresentação de Wally às histórias, ele será como um representante dos leitores mais velhos: “Wally tem uma perspectiva que muitos leitores devem ter também. Ele tem o conhecimento de tudo, e está tentando voltar a isso”, diz Johns.

Embora a incorporação de Watchmen ao Universo DC seja o ponto mais importante desse começo de reformulação, o efeito da equipe sobre as séries deve ser sentido aos poucos nos próximos anos.

Idealizador dessa história de longo prazo, Geoff Johns tem se encontrado com os roteiristas das séries para alinhar as tramas ao arco principal, mas o copublisher Dan DiDio frisa que as HQs não ficarão condicionadas a essa história.

DC Universe: Rebirth#1 será lançada oficialmente na próxima terça e a história segue até a metade de 2018. A reformulação também vai zerar numerações e mudar periodicidades dos lançamentos da editora a partir de junho.

Vazamento de Rebirth tem revelação chocante sobre o Universo DC

Vazou na internet, as primeiras páginas da primeira edição de DC Universe: Rebirth da DC Comics. Pelo Reddit, o usuário SuperAe16 publicou as fotos da HQ escrita por Geoff Johns, revelando informações chocantes sobre a reformulação da DC. Veja (PODE CONTER SPOILERS)

rebirth

A publicação mostra o retorno do Kid Flash, Wally West, três Coringas, o retorno da Sociedade da Justiça original e a inclusão de Watchmen no universo regular da DC Comics. Segundo o site Bleeding Cool, na história, Dr. Manhattan teria sido responsável pela criação dos Novos 52, com a origem dessa conexão podendo ter sido apresentada já nas páginas de Before Watchmen: Doctor Manhattan#4.

rebirth.jpg1.jpg

Após o vazamento, a DC Comics divulgou seis novas páginas da HQ:

DC Universe: Rebirth#1 será lançada oficialmente na próxima terça e a história segue até a metade de 2018. A reformulação também vai zerar numerações e mudar periodicidades dos lançamentos da editora a partir de junho.

Homem-Formiga e Ultron se tornam a mesma pessoa em Uncanny Avengers

Para quem não sabe, Hank Pym, o Homem-Formiga original foi o responsável pela criação do vilão robótico, Ultron (Não, não foi Tony Stark).

Nesta semana,  Hank Pym retornou à Terra do Universo Marvel, na edição nove de Uncanny Avengers. E o herói está bem diferente nessa Marvel Comics pós-Guerras Secretas.

Anteriormente, atormentado pela responsabilidade de ter criado Ultron, Pym se exilou no espaço na HQ Avengers: Rage of Ultron em 2015, depois de fundir seu corpo com a inteligência da máquina. Agora ele volta ao planeta na forma de um ciborgue: Hank Pym e Ultron se tornam um. O cientista mantém apenas parte de seu corpo orgânico, do peito para cima, mas em compensação tem os poderes da inteligência artificial que havia criado. Veja:

hank

A trama envolve a suspeita dos Vingadores sobre a estabilidade de Hank Pym (um personagem que nunca primou por sua sanidade mental) agora que o cientista se refere a si mesmo e a Ultron como “nós”.

O alcance dos poderes do antigo Homem-Formiga deve ser mostrado melhor nas próximas edições.

Dois personagens de volta em dose dupla!

Quem não conhece Spirou e Fantásio, a dupla de aventureiros das HQs criada por Rob Vel?

No Brasil, muita gente. Inclusive, talvez, você.

Nascido em 1938  (o mesmo ano do Superman), Spirou, um garoto ruivo, com trajes de mensageiro de hotel, foi “encomendado”como símbolo do jornal de idêntico nome. Tem por mascote o esquilo Spip, esperto e um pouco mal-humorado. Seu amigo Fantásio, alto, magro e desengonçado, apareceu em 1944, criação de Jijé, outro quadrinista colaborador do jornal.

Spirou e Fantásio só começaram a ter todo seu potencial explorado depois da Segunda Guerra. Em 1946, o desenhista e roteirista Franquin assumiu a série com sua equipe. As histórias simples e cotidianas deram lugar a aventuras e viagens pelo mundo, no melhor estilo do também belga Tintim.

Durante 22 anos e mais de 15 álbuns, Franquin trabalhou exclusivamente com a dupla, até passar o bastão a Jijé. Por mais cinco décadas, outros artistas escreveram e desenharam as histórias desses populares personagens.

 

spirouevolution
A evolução de Spirou pelo traço de todos os quadrinistas que o desenharam

 

No Brasil, Spirou e Fantásio foram publicados pela primeira vez nos anos 1970, pela editora Vecchi. Estranhamente, Spirou foi rebatizado de Xará.

Quase 20 anos depois, no final da década de 1980, a dupla foi editada pela Meribérica/Liber. Com sede em Portugal, a Meribérica lançava seus quadrinhos e trazia-os para o Brasil. Assim foi até o início do século XXI, quando viu-se obrigada a fechar as portas. Em 1995, a brasileira Manole lançou um único álbum de Spirou e Fantásio, em capa dura. A série continuou a ser publicada de forma esporádica, em língua portuguesa, pela lusitana ASA.

page_1_thumb_large

 

Depois de outro hiato de 20 anos, em 2016 a Sesi-SP Editora aposta no sucesso dos heróis, desta vez lançando seus álbuns em ordem cronológica. Uma nova geração de leitores brasileiros terá o prazer de conhecer Spirou e Fantásio.  Os dois primeiros lançamentos são Quatro Histórias de Spirou & Fantásio e Um Feiticeiro em Champignac.

Aos acostumados com quadrinhos estrelados por personagens uniformizados e cheios de poderes, algumas diferenças se destacam rapidamente: o traço, mais caricato, com personagens narigudos, de anatomia menos realista – o chamado Estilo Atômico ou Escola de Marcinelle. Quem conhece outros sucessos vindos da Europa, como Asterix e Lucky Luke, já está familiarizado com isso.

Outro ponto de destaque fica no tom das histórias: não há nada de sombrio e percebe-se um humor às vezes ingênuo. Nada que tenha envelhecido com o passar do tempo.

Três coisas apenas mereciam mais cuidado nas edições da Sesi-SP: uma fonte mais adequada para os balões (a letra H é tão inclinada que parece itálico); o personagem Fantásio foi erroneamente rebatizado de Fantasio (sem acento); e a ausência de um texto apresentando a série aos novos leitores. Os álbuns têm páginas em branco nas quais poderia, muito bem, figurar uma breve introdução.

No geral, parabéns para a Sesi-SP e sua decisão de editar uma série tão famosa e duradoura na Europa, trazendo uma mudança saudável ao tão uniformizado cenário atual de publicações (nos dois sentidos).

Visite também Crie Suas HQs!

Quando um quadrinho muda uma lei

Leitores de quadrinhos sabem que, para motivar a vida de um protagonista, um personagem pode morrer. Isso quando não morre para aumentar as vendas de uma revista, fazendo com que os leitores torçam para que seja algo apenas temporário.

Há, porém, o caso de um personagem de quadrinhos que quase morreu… e mudou uma lei de trânsito.

Isso aconteceu em Porto Rico.

Pepito, o protagonista de uma tirinha diária de jornal, é um garoto de oito anos que estava indo ao correio entregar uma carta. Nela, ele pedia ao governo que fizesse leis mais rígidas para quem fosse apanhado digitando no celular e dirigindo ao mesmo tempo. No dia 23 de setembro de 2015, Pepito foi atropelado por um motorista digitando ao celular. Hospitalizado, o garoto ficou em coma.

Tratava-se de uma campanha do jornal  Primera Hora, criada pela agência McCann, pegando carona na popularidade do personagem.

Houve comoção em todo o país. Fãs do garotinho enviram milhares de  e-mails aos legisladores de Porto Rico. Exigiam uma nova lei, que obrigasse as empresas de telefonia móvel a investir 10% do orçamento anual de publicidade em anúncios ou em esforços para ensinar as pessoas sobre o perigo de digitar no celular no trânsito.

O tempo foi passando. As tirinhas mostravam o garotinho hospitalizado, seus amigos na escola, tristes com a carteira vazia, o médico conversando com o pai.

O debate sobre o tema tomou conta de Porto Rico. O presidente da Câmara dos Deputados enviou uma carta aos autores da tira, desejando a rápida recuperação de Pepito.

Por fim, o governo acabou aprovando um aumento do valor da multa para a infração: de US$ 50 para US$ 250.

Fontes: Exame Abril

Marvel Comics anuncia Deadpool vs. Gambit desenhada por Danilo Beyruth

A Marvel Comics anunciou uma nova minissérie, Deadpool vs. Gambit, que terá Ben Acker e Ben Blacker como roteiristas e o brasileiro Danilo Beyruth (Astronauta da Graphic MSP) nos desenhos. Confira a primeira capa, por Kevin Wada:

deadpool-vs-gambit

A HQ vai revelar que Wade Wilson e Remy LeBeau têm todo um histórico, trabalhando como golpistas em trabalhos juntos.

A minissérie terá cinco edições e começará em junho.

Lançado trailer da 2ª temporada de Demolidor

Marvel em parceria com a Netflix lançou hoje, dia 15 de Fevereiro, o trailer da 2ª temporada de Demolidor. Confira:

Demolidor é produzido por Doug Petrie, Marco Ramirez e Drew Goddard, juntamente com Jeph Loeb. A série é produzida pela Marvel Television em associação com a ABC Studios. A primeira temporada de Demolidor está disponível em streaming no Netflix. A segunda estreia no dia 18 de março de 2016.

Batman V. Superman: Dawn of Justice ganha trailer final

Faltando apenas um mês para a estreia de Batman v Superman: Dawn of Justice, a Warner Bros. divulgou hoje, dia 11 de Fevereiro, o último trailer do filme. Confira:

Em Batman V. Superman: Dawn of Justice,  Ben Affleck viverá Bruce Wayne/Batman e Henry Cavill retorna como Superman. Gal Gadot será Diana Prince, a Mulher-Maravilha, e Jeremy Irons interpretará o mordomo Alfred. Amy Adams, Laurence Fishburne e Diane Lane também retornam. O filme será lançado em 25 de março de 2016.

DC Comics divulga as primeiras capas de Robin War

fs30

A DC Comics divulgou as primeiras capas do seu mais novo evento das HQs do universo do Homem-Morcego, Robin War. Clique em Continue Lendo para ver mais as capas e mais informações.

Continue lendo “DC Comics divulga as primeiras capas de Robin War”

DC Comics divulga a primeira capa final de The Dark Knight III: The Master Race

fs30

A DC Comics divulgou a primeira capa final da nova graphic novel de Frank Miller, The Dark Knight III: The Master Race (O Cavaleiro das Trevas III). A arte mostra Batman diante do cadáver do Coringa. Clique em Continue Lendo para ver a imagem e mais informações.

Continue lendo “DC Comics divulga a primeira capa final de The Dark Knight III: The Master Race”

Comic Book Movie lança editorial falando porque A Piada Mortal deve ser apagada da existência

fs30

Foi lançado um editorial pelo famoso site de entretenimento, Comic Book Movie, falando o porque da graphic novel Batman: A Piada Mortal deve ser apagado completamente da existência. Clique em Continue Lendo para ver mais informações.

Continue lendo “Comic Book Movie lança editorial falando porque A Piada Mortal deve ser apagada da existência”

[SDCC 2015] Marvel Comics anuncia Spidey

fs30

A Marvel Comics anunciou hoje durante a San Diego Comic-Con 2015, a antologia Spidey, que reúne histórias do Homem-Aranha ainda adolescente. Clique em Continue Lendo para ver mais informações.

Continue lendo “[SDCC 2015] Marvel Comics anuncia Spidey”

[SDCC 2015] Marvel Comics anuncia novo crossover entre o Homem-Aranha e Deadpool

fs30

A Marvel Comics anunciou durante a San Diego Comic-Con 2015, um novo crossover entre o Amigão da Vizinhança e o Mercenário Tagarela, chamado Spider-man/Deadpool. Clique em Continue Lendo para ver mais informações.

Continue lendo “[SDCC 2015] Marvel Comics anuncia novo crossover entre o Homem-Aranha e Deadpool”

[SDCC 2015] Prêmio Eisner 2015, os vencedores

fs30

Na sexta-feira (10) foi celebrada a 27ª edição do Prêmio Eisner – maior prêmio dos quadrinhos mundial – que acontece anualmente na San Diego Comic Con. São 29 categorias e o destaque desse ano foi “Little Nemo”, clássico de Winsor McCay, em três diferente edições, somando oito indicações e três prêmios.

Continue lendo “[SDCC 2015] Prêmio Eisner 2015, os vencedores”

[SDCC 2015] É anunciado crossover entre Batman e as Tartarugas Ninja

fs30

A DC Comics e a IDW anunciaram na San Diego Comic-Con 2015, um crossover inusitado, entre o Batman e as Tartarugas Ninja. Clique em Continue Lendo para ver mais informações.

Continue lendo “[SDCC 2015] É anunciado crossover entre Batman e as Tartarugas Ninja”

[SDCC 2015] Território dos Estados Unidos será dividido ao meio na nova Guerra Civil da Marvel

fs30A Marvel Comics anunciou em seu painel, que o território dos Estados Unidos será dividido em dois na nova Guerra Civil da Marvel, que faz parte da saga Guerras Secretas. Clique em Continue Lendo para ver mais informações.

Continue lendo “[SDCC 2015] Território dos Estados Unidos será dividido ao meio na nova Guerra Civil da Marvel”

[SDCC 2015] DC Comics anuncia Justice League: Gods and Men

fs30Em seu painel próprio na San Diego Comic-Con 2015, a DC Comics anunciou a minissérie Justice League: Gods and Men, derivada do arco Darkseid War. Clique em Continue Lendo para ver mais informações.

Continue lendo “[SDCC 2015] DC Comics anuncia Justice League: Gods and Men”

[SDCC 2015] DC Comics anuncia Robin War

fs30A DC Comics anunciou hoje na San Diego Comic-Con 2015, o seu mais novo evento nos quadrinhos, Robin War. Clique em Continue Lendo para ver mais informações.

Continue lendo “[SDCC 2015] DC Comics anuncia Robin War”

Marvel Comics anuncia Spider-Gwen

fs30

Após anunciar “Spider-Man”, protagonizado por Miles Morales, a Marvel Comics anunciou a nova HQ mensal de Gwen Stacy como a Mulher-Aranha, chamada Spider-Gwen. Clique em Continue Lendo para ver mais informações.

Continue lendo “Marvel Comics anuncia Spider-Gwen”

Marvel Comics anuncia Spider-Man com Miles Morales

fs30Foi anunciado ontem pela Marvel Comics, a nova série mensal, Spider-Man cujo protagonista é Miles Morales, o Homem-Aranha do Universo Ultimate. Clique em Continue Lendo para ver mais informações.

Continue lendo “Marvel Comics anuncia Spider-Man com Miles Morales”